Arquivo

Arquivo do Autor

Diálogo Matinal

fevereiro 8, 2012 Deixe um comentário

Normalmente, não gosto de falar e nem de ouvir nada ao acordar.
E, se tem três tipos de pessoas que adoram nos encher de informação nesse período do dia, são: Sua secretária doméstica, sua mãe e seu pai. Não incluo irmãos pois diferente desses três, com eles você brigaria.
Mãe. Ê criatura informativa! Você bota o pé fora do quarto e ela já ta lá, na expectativa de te falar algo, super empolgada, cheia de perguntas E respostas. Caso você não dê atenção, ela fechará a cara, defenderá o outro filho, falando que este dá mais atenção do que você, fará um drama, e choramingará tudo pra seu pai, que este também não quer encrenca com sua mãe, logo fingirá que acredita nela e assim procede os fatos. E eu me pergunto o que custa dar um bom dia, esperar quinze minutos e dai sim, nos bombardear de pergunta? Porque, você abrir os olhos e se levantar, não significa que você está acordado.

Agora partiremos para o lado paterno. Se este não foi causado pela primeira opção, ele fará o favor de te irritar pelos três. Acho que vocês discordam e acham que mãe é mais afoita, mas não. Poxa, quem não se rende aos dramas de uma mãe? Para ouvir suas aflições, suas novidades…não o tempo todo né, mas cedemos para ela mais do que para qualquer outro ser. Bom, no caso do meu pai a história é a seguinte: eu já acordo ouvindo piada! E não tem coisa mais irritante do que ter como café da manhã a ironia! Eles saboreiam, e, já que não podem usar com a mulher, usam com os filhos! Às vezes acho que filho foi feito pra isso, pra você gastar toda a sua ironia! Se você acorda seis da manhã, lá vem ele com aquele sorriso, ou então com cara de desprezo, falando: “Poxa minha filha, porque não dorme mais? Deve tá tão cansada…”. Aliás, geralmente os comentários são mais descarados que esses.
Acho melhor eu não dar continuidade porque minha mente começa a projetar esses fatos e traz todo um mau humor junto e eu não quero isso não.

Agora vem a parte mais interessante: As secretárias domésticas!
Sempre buscamos a perfeição nesses seres. Sério, todo mundo pensa igual! Caladinha, que faça tudo, uma intimidade mínima, que não seja vulgar… Mas, somos humanos. E falamos!

Eu nunca vi uma pessoa pra dar tanta corda a esses seres igual a minha mãe! Minha mãe é boa demais e as pessoas abusam disso, mas, quando não é minha mãe que dá essa ousadia, elas mesmas se dão ao luxo de ter. Não, eu gosto de dialogar com esses seres, acho engraçado e os admiro pra caramba, mas NÃO de manhã, pombas!
Enquanto eu faço esse post, esta ela aqui, tagarelando, me fazendo mil perguntas, além de me tirar a atenção daqui, eu, simplesmente não ser fazer duas coisas ao mesmo tempo(isso é uma frustração)! Dai ela pergunta se pode fazer tal coisa JÁ fazendo, e o pior é quando elas fazem perguntas que você não sabe responder, e é obrigado a falar pelo menos “Eu não sei.”, o que já faz você pensar, lutar contra o sono, processar uma resposta e soltá-la de qualquer jeito. Não gosto de responder qualquer coisa, principalmente se eu sei.
Então, por favor, ao me verem acordar, me dê um bom dia, espere eu dar meu primeiro sorriso (o que deve demorar uma hora pra acontecer), espere eu lavar pelo menos o olho se não quer esperar até eu tomar um banho e me deixe sentar, ai sim, dai em diante tu me enche de qualquer assunto! Se bem que eu só vou responder “aham”, “eu acho que sim/não”, e “sei” mesmo…

Anúncios
Categorias:Post Sem Categoria

E falando em más notícias…

janeiro 30, 2012 Deixe um comentário

Já que nenhum dos três vai me recepcionar ou me apresentar, eu faço isso.
Como já dito, vim afeminar esse blog, de um jeito mais comportamental, porque a parte intelectual esses três já administram muito bem.
Dizem que a primeira impressão é a que fica, mas esperem eu postar pelo menos cinco textos, excluindo esse pra depois vocês me demitirem.
Aceito sugestões de temas sem tabu, porque o que não pode é o Utilidade Particular ficar parado 😉

Beijos sensuais ;*

Categorias:Post Sem Categoria
%d blogueiros gostam disto: