Arquivo

Posts Tagged ‘imagens’

Aprenda Alguma Coisa Todos os Dias #015

junho 17, 2010 3 comentários

Quando eu li essa informação, não me contive e tiver que rir.
Não, eu não ri espalhafatosamente como um “HEAUEHAUHEAUHEAUHAEUHEA” ou um enorme “KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK“.
Eu achei engraçado e interessante. Esbocei um sorriso. Pronto.

Mas é fato de que isso me lembrou a minha infância. Explico abaixo o porquê.

Nooooossa, KM… Não acredito! Você comia seu catarrinho quando era criança é? Faz isso até hoje?

Não é isso, meus caros. Não é isso.
Sempre fui um rapazinho muito asseado e sempre limpava a goga verde (ou amarelo, ou verde-amarelo, ou amarelo esverdeado) que insistia em sair em momentos de choro, gripe ou espirros sem propósito.
E onde entra a bendita da infância?
Ora… Nos meus amigos, é claro.

Que atire a pedra quem nunca teve um amiguinho catarrento.
Que atire a pedra quem nunca teve um amiguinho/um coleguinha na rua catarrento e barrigudo.
Que atire a pedra quem nunca teve um amiguinho/um coleguinha na rua/um coleguinha na escola que era catarrento, barrigudo e, quando espirrava, limpava o catarro no uniforme escolar.

Mas é sério.
Eu, como um rapaz que realmente teve infância, convivi com isso.
Quando rolava um babinha* na rua, sempre tinha um que se destacava na multidão por estar com um catarrinho escorrendo pelo nariz. O curioso não é nem isso: Ele sempre sugava o catarrinho e ainda lambia a boca.
Outro fato curioso é o motivo da barriguinha avantajada. Sabemos que, na fase adulta, a culpa é da cerveja. Na infância, a culpa é das tão famosas vermes.

Por causa dessa cena clássica, comumente comparo algumas pessoas a “meninos barrigudos com o catarro verde escorrendo pela boca”.
Nada comum, não é?
Hoje em dia eu vejo como era tão bobo e inocente toda essa cena.
Uma criança tá ali com o nariz escorrendo e, muitas vezes, parece “ostentar” o muco que escorre do nariz. Ou talvez seja porque, depois de tantas tentativas, o danado não some e resolve-se deixar lá.
Chorando demais, um resfriado, seja como for, o catarrinho alguma vez apareceu no quadro da infância de todos.
E o que dizer, então, de pessoas adultas que “comem” o próprio catarro?
Eu nem sei o que dizer. Pelo que me disseram *assobio*, o catarro é salgadinho. Quem disse isso foi meu irmão! Vai ver é gostoso, sei lá. Se você resolver provar, vá até “Deixe um comentário” e conte a sua experiência pra gente, ok?


E para presenteá-los, eu não poderia deixar de expôr aqui algumas imagens interessantíssimas a respeito, não é?
Deliciem-se com essa sopinha, esse caldinho, essa vitamina de abacate que insiste em aparecer em alguns momentos da vida.
E se cuidem: O inverno está chegando e, com ele, bem… Você sabe! 😀

Eu ia postar imagens muito, mas muito nojentas. Agradeçam-me pelas fofurinhas logo abaixo na parte dedicada aos comentários.
E rolar um babinha* é o equivalente a “jogar um futebolzinho”.

KM ‘

Anúncios

Imagens Fantásticas 1.0

novembro 28, 2009 Deixe um comentário

Ei, galerinha viciada em internet, tudo bem?
Eu realmente espero que sim.

No post de hoje, início uma categoria que deveria ter feito há tempos:
Fotografia.
Quais de vocês não gostam de ver uma boa foto?
O fato é que este blogueiro que vos escreve é, simplesmente, fascinado por fotografia.
E é com esse espírito animado que disponibilizarei de vez em nunca regularmente fotografias interessantes/curiosas/bonitas e afins.

Singrando os mares cibernéticos, avistei um montinho de terra fotos da National Geographic.
Eis algumas delas:

Clique na imagem para ampliá-la.

Então é isso…
Este é o começo de maais uma categoria deste blog.
Como devem ter percebido, eu sou enrolado!
Fiquei devendo pra vocês…

Nem vou prometer que estarei aqui mais presente de novo para que não digam que não tenho palavra! 😕

Até mais, amiguinhos!

PS: Poucas fotos, é verdade… Depois eu posto uma galeria bacana!

Categorias:Fotografia Tags:,
%d blogueiros gostam disto: